sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Pastoral do Batismo

Queridos paroquiano(a)s, irmãos e irmãs, a Coordenação Paroquial da Pastoral do Batismo, em conjunto com o Pároco e os dois Vigários Paroquiais, elaborou o presente documento que tem, como finalidade, esclarecer dúvidas, e ajudar na organização litúrgica e sacramental a iniciação à vida na fé da Igreja pela porta do Batismo.
Recordamos que estas orientações foram extraídas do Diretório Litúrgico-Sacramental que está no Documento do Sínodo Arquidiocesano de Cuiabá.
Abraços fraternos,

Adenir Figueiredo
Coordenadora Paroquial da Pastoral do Batismo





                                                                                                                                                       
ORIENTAÇÕES QUANDO DO PEDIDO DE BATISMO À IGREJA


1 – Batismo é o 1º Sacramento da Iniciação Cristã, é único, isto é, é celebrado uma única vez.
2 – Os Pais da criança a ser batizada e os que vão assumir o encargo de Padrinhos, sejam convenientemente instruídos sobre o significado desse sacramento e as obrigações dele decorrentes (por isso a exigência do(s) encontro(s) preparatórios) (Cân. 581).
3 – O objetivo principal da preparação é para acender, reanimar ou intensificar a chama da fé nas famílias que pedem o batismo para seus filhos.
4 - Pré-requisitos na escolha, o padrinho e a madrinha devem ter 16 anos de idade (pelo menos), serem católicos, confirmados (ou crismados), tendo recebido o sacramento da eucaristia e levar vida de acordo com a fé e o encargo que vão assumir (ter coerência entre fé proclamada e vida diária); que não seja pai ou mãe do batizando (cânon 874). Obs.: Caso não sejam crismados, incentivar os padrinhos a se inscreverem no Curso de Catequese de Adultos da Comunidade.
5 – Seja resgatado e receba a devida importância o papel dos padrinhos no acompanhamento dos afilhados na recepção do sacramento. OS PADRINHOS ESTEJAM EM SITUAÇÃO REGULAR PERANTE O MATRIMÔNIO.
6 – Acostumem-se os fiéis a batizarem os filhos na própria Comunidade/Paróquia a que pertencem/ participam, a fim de se criar a verdadeira comunidade paroquial.
7 -  NÃO SE CELEBRAM BATIZADOS FORA DO LUGAR SACRO/IGREJA (em Buffet, Condomínios, Chácaras, Residências, Clube, etc.) (Cân. 857).
8 – Exigir o registro de nascimento da criança no ato da inscrição para o Batismo, a fim de se evitar duplicidade e erro do nome.
9 – O cartão / comprovante continua sendo um instrumento válido, após os encontros, para Pais e Padrinhos, com validade de 02 (dois) anos.
10 – A transferência para outra Paróquia deve ser com autorização do Pároco ou Vigário Paroquial.
11 – Pais casados só no civil devem ser orientados pacientemente, a realizarem o casamento religioso, se possível antes do batismo (encaminhar para combinar com a Coordenação do Pré-Matrimonial da Paróquia).
12 – Mães solteiras ou divorciadas devem ser acolhidas. Em nome da misericórdia, caridade e prudência pastoral CONCEDER o batismo, mas exigir a participação na vida comunitária.
13 – A criança com 07 anos completos deverá ser encaminhada para uma Preparação adequada na Catequese de Iniciação Cristã, depois será batizada.
14 – Verificar, através do diálogo com os Pais, se há garantias ou condições favoráveis à formação cristã da criança. Adie-se o batismo, se não houver garantias (deixe a criança crescer, fazer a Catequese de Iniciação Cristã e decidir se deseja assumir o compromisso de ser cristã).
15 – E que prevaleça a misericórdia do Bom Pastor sobre as normas, que nem sempre são fáceis de serem aplicadas objetivamente em cada caso que se nos apresenta.

Fontes de Consultas:
- Documento Conclusivo do Sínodo Arquidiocesano de Cuiabá.
- Catecismo da Igreja Católica 

Diretório Sacramental: Sínodo Arquidiocesano de Cuiabá, pp. 73 – 75; nn. 79-98.



Calendário de Formação para Pais e Padrinhos de Batismo

Janeiro
31/01 – 19:00 – Comunidade São João Batista.

Fevereiro

01/02 – 18:00 – Comunidade Santa Edwiges;
03/02 – 16:00 – Comunidade Nsa. Sra. do Carmo; 
17/02 – 16:00 – Comunidade São Judas Tadeu;
24/02 – 14:00 – Comunidade Cristo Redentor;
24/02 19:00 Comunidade Nsa. Sra. Auxiliadora.

Abril

05/04 – 18:00 – Comunidade Santa Edwiges;
07/04 – 16:00 – Comunidade Nsa. Sra. do Carmo; 
14/04 – 16:00 – Comunidade São Judas Tadeu;
28/04 – 14:00 – Comunidade Cristo Redentor;
28/04 19:00 Comunidade Nsa. Sra. Auxiliadora. 
28/04 19:00 Comunidade São João Batista