sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Mensagem do Padre Marco - Festa Nsa Sra do Rosário 2016

Estimado(a) Dizimista, boa noite!

Hoje é dia de Nsa. Sra. do Rosário e nossa paróquia está em Festa. Estou encantado com a dedicação, a fé e o carinho, sem falar no trabalho árduo que cada paroquiano(a) tem tido ao longo desse tempo.
A Festa de Na. Sra. do Rosário é uma festa de Fé! Fé em Deus. No Deus que Jesus nos revelou. Fé em Deus que se fez ser humano, humano COMO NÓS! E isso só pôde ser possível pelo SIM de Maria!
É tão interessante ver nesse mundão nosso o quanto Maria é querida. Nossa Senhora é, sem nenhuma dúvida, a santa mais "ocupada" do planeta, pois, figura entre as mais populares na hora de escolher um padroeiro!
E não poderia ser diferente: Maria mostra o rosto materno de Deus. Contagia a Igreja para que seja mais carinhosa, afetuosa. Vemos no Evangelho de Lucas, o reflexo desse carinho materno nas "parábolas da misericórdia" que Jesus utiliza: o Bom Samaritano, o Pai Misericordioso do Filho Pródigo, a Ovelha Perdida, dentre outras.
Maria nos ensina a viver a vida com o coração colocado e entregue a Deus!
Hoje, dia de Nossa Senhora do Rosário, queria dizer um par de palavras a vocês que têm se dedicado sem igual ao sucesso dessa Festa.
As dificuldades que possam aparecer são obstáculos que deixam a vitória com mais sabor.
É claro que, entre tanta gente, sempre há aqueles que têm dificuldade em ver para além daquilo que os olhos podem ver: vemos, como exemplo, o Tomé. Às vezes, acho que somos meio "filhos de Tomé", pois, me dá a impressão que queremos ver "com as mãos", temos pressa, queremos ver "resultados", queremos tudo funcionando feito um relógio! E esquecemos que a fé é como o grão de mostarda: é a menor semente já vista no mundo! E atua de forma inesperada.
Em Jesus, Deus se fez história! Cada dia que passa vamos construindo juntos uma parte dessa história de amor, fé e esperança no serviço que cada um(a) vai prestando ao Povo de Deus, do seu modo, no seu tempo, com a sua disponibilidade, com o seu dom.
Tenho sentido não ter podido estar mais presente em tantos eventos importantes ao longo do tempo em que vocês estiveram atuando, mas, os afazeres desta paróquia tão grande e tão necessitada não me têm dado trégua! Muitas vezes, chego a adormecer exausto em cima do computador para poder brindar alguma comunicação que ajude a animar a vida e a fé de nossos paroquianos, pois, o dia se faz curto e as tarefas longas. A administração da paróquia não é a única que me consome, é também a comunicação com as comunidades, com os movimentos, com as lideranças. Encontrei a paróquia sedenta de participação. Em nossa região geográfica, que a Arquidiocese determinou como área da nossa paróquia, não somos apenas 23 comunidades, somos também, uma população de cerca de 100 mil habitantes que estão sob a nossa responsabilidade pastoral e a quem devemos ter o cuidado de levar Jesus, o Bom Pastor!
Hoje chegou o tão esperado ar condicionado! Já fizemos testes nele, mas, a necessidade de trocar o disjuntor, pois esse aparelho é mais potente que o anterior, nos obrigou a deixar para segunda-feira, os testes conclusivos para entregar aos nossos paroquianos um serviço religioso com maior comodidade. Esperamos que as missas de terça-feira já ocorram com o novo equipamento funcionando, pois, esse é o verdadeiro teste!
A semana foi cheia. Tivemos um entra-e-sai de gente ligada à subistituição do ar condicionado danificado pelo novo, às adaptações na área lateral da Igreja para a mudança de todo o Atendimento paroquial para lá e aos trâmites para que a reforma do Salão da Cozinha de São Benedito comecem a partir de segunda-feira próxima, pois, já temos a Licença da Prefeitura! Sem falar no movimento da organização da Festa de nossa Padroeira, e as nossas reuniões com lideranças de comunidade e de movimentos, como costuma acontecer. Posso dizer que foi uma semana muito produtiva e estou muito consolado e animado com o resultado disso tudo, por isso, partilho com você!
Peço a Deus que Ele nos dê, por intercessão de Nossa Senhora do Rosário, a graça da fé em Jesus, da fé em Deus, igual a que teve nossa Mãe Maria, que, apesar de tantas adversidades, disse SIM ao Sonho do Pai Misericordioso.

Fraternalmente, Pe. Marco Antonio, SJ - Pároco - Paróquia N. Sra. do Rosário e São Benedito